segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

A rotina de derrotar o Vasco da Gama

Quando o glorioso Botafogo venceu o Clube da Beira da Lagoa (2 a 1), classificando-se para enfrentar o Vasco na final da Taça Guanabara de 2010, tive uma certeza: o Alvinegro será campeão e me presenteará com um bicampeonato na véspera de meu aniversário (22 de fevereiro). Por quê? Simplesmente porque o Botafogo sempre derrota o Vasco em decisões de título. Pode até perder durante a disputa da competição – como ocorre com certa regularidade – mas na final a vitória é mais do que certa. Foi exatamente isso o que aconteceu no Maracanã, domingo, diante de 80 mil pessoas (nem todas pagantes) e o meu amado e querido Botafogo está classificado para decidir mais um título do Campeonato Estadual do Rio.

Dizem, não sei se é verdade, que Roberto Dinamite (botafoguense na infância) sabe disso e vai inaugurar uma placa em São Januário com os seguintes dizeres: ‘É proibido chegar a uma decisão de título contra o Botafogo’.

E Dinamite, que enfrentou a ditadura de Eurico Miranda por anos a fio, depois que virou a casaca está absolutamente correto. A rigor, o Vasco entra de cabeça baixa no momento de decidir títulos contra o clube de General Severiano. Vejam os torcedores o caso de Dodô, se é que ele entrou em campo domingo. Não jogou nada e mal pegou na bola.

Cheio de marra, invicto na Taça Guanabara, tendo goleado o próprio Botafogo durante a competição, o Vasco da Gama entrou de cabeça baixa para enfrentar o Glorioso. Por quê? Porque alguém, na concentração do time de São Januário deve ter alertado os jogadores cruzmaltinos: ‘Em matéria de decisões, perdemos sempre’. O resultado foi o que se viu: Botafogo bicampeão da Taça Guanabara, mesmo tendo um elenco de jogadores que precisa ser reforçado agora para a Taça Rio. Se o adversário fosse o Clube da Beira da Lagoa ou o Tricolor, não teria tanta certeza.

Mas o Vasco, que me perdoem os adeptos da cruz de malta, é mesmo freguês de caderno em finais.

Para mim, que carrego nas costas mais de quatro décadas de jornalismo esportivo, o grande responsável pela vitória de 2 a 0 foi simplesmente Papai Joel Santana, que armou um Botafogo imbatível, desde a partida contra o Urubu de Juanito das Candongas.

Destaques individuais no Botafogo? Poucos. Arriscaria dizer que apenas o goleiro Jefferson e o uruguaio Loco Abreu chamaram a atenção dos torcedores alvinegros. Mas todos os demais, sem uma única e escassa exceção, jogaram com o coração, honrando a camisa da estrela solitária que vestiram. E, agora, as bandeiras do Uruguai (Loco Abreu) e da Argentina (Herrera) integraram-se a mais bela bandeira de um clube de futebol, a do imortal Botafogo de Futebol e Regatas.

Daqui deste espaço que ocupo e que é postado carinhosamente pela amiga Malu Cabral, faço a mais fechada e absoluta questão de agradecer ao Botafogo o antecipado – um dia apenas – presente de aniversário que me deu e que ficará para sempre em minhas lembranças. Agradeço também ao presidente do clube, Maurício Assumpção, pela redenção da instituição que carrega o nome de Botafogo de Futebol e Regatas.

Agora, com o título da Taça Guanabara nas mãos, Maurício poderá botar banca na hora de transacionar com novos patrocinadores e investidores. E (quem sabe?) trazer para o segundo turno reforços para o elenco de Papai Joel Santana. O Botafogo não pode iludir-se com um título conquistado sobre um freguês em decisões.

O Botafogo é imortal e precisa, como nunca, manter suas tradições. E haverá de mantê-las.

Para terminar, aquele abraço a Fábio Ferreira e Loco Abreu pelo antecipado presente que me deram. Eu não poderia curtir um 22 de fevereiro mais feliz.

Obrigado, Botafogo, minha maior e inexcedível paixão imaterial.

(*) Recado de meu irmão Maurício Porto, alvinegro como eu, para o comentarista Jorge Nunes, da Rádio Tupi: “O Botafogo não é um clube cartesiano. Não dê palpites errados...”

19 comentários:

Malu Cabral disse...

Meu mestre,

O que eu posso desejar a voce, hoje, nos seus 70 anos de vida amando o Botafogo? Sim...voce nasceu amando o Botafogo sem saber.Tudo de melhor que a vida puder te dar.

Roberto, obrigada por tudo que nos brinda sobre o Botafogo. Obrigada pelos livros, obrigada pelas matérias jornalísticas, obrigada por esse blog, obrigada por me contar diretamente tantas histórias que rimos, que chora, que se emociona, que aprendo, voce é meu Mestre Botafoguense.

Hoje é seu dia! O Botafogo foi campeão ontem para saudar voce, Roberto Porto, uma lenda viva Botafoguense.

Amo voce, meu amigo, muito!

Um beijo nesse coração, um abraço apertado porque voce, Porto, é quem também merece um busto em homenagem ao Jornalista Roberto Porto pelos anos de profissionalismo, pelo Amor Incondicional e imaterial como diz ao se referir ao nosso Gloriso, voce é uma referencia em vida!

snoopy em p/b disse...

porto,
um grande abraço de aniversário!
70 anos de amor ao botafogo.
obrigado por tudo!
muitas felicidades!!!

Pedro disse...

Caro Roberto Porto,

O Sr. não me conhece, mas como alvinegro de sangue preto e branco me sinto na obrigação te dar um mais que merecido parabéns!
Obrigado por catalisar com seus escritos a nossa paixão!

Saudações Alvinegras!
Pedro Alijó

hcottas disse...

Amigo Porto,

Parabéns e muitos anos de vida e de histórias do nosso Botafogo pela frente !
Comemore em dobro essa data, porque você merece mais do que qualquer outro jornalista botafoguense !!!

Um grande abraço !

Humberto.

Eraldo Santos Tag DF. disse...

Roberto Porto, boa tarde. Na última vez que comentei aqui no seu blog, me despedi acreditando - sinceramente - que o Botafogo estava chegando ao seu ponto final, por não aceitar que tudo aquilo estivesse acontecendo. A alegria está de volta. O BOTAFOGO está de volta!! Parabéns pelo seu aniversário!! Que Deus te abençõe!! Saudações alvinegras botafoguenses!!

Luiz Rogério disse...

Feliz Aniversário Roberto!!!!!!!!!!

Que delícia comemorar um aniversário e ser presenteado com Bi-Campeonato da Taça Guanabara!

Parabéns, desejo ao amigo muita saúde, paz e continue a ser esse exemplo de botafoguense, ensinando a gerações de torcedores o que significa amar um clube da grandeza do Botafogo de Futebol e Regatas!

Um forte abraço, felicidades e saudações alvinegras!!!

Luiz Rogério

Vini disse...

Caro Roberto,

Você não me conhece. Tenho 30 anos, sou botafoguense desde a fecundação e até o caixão.

Quero dizer que te admiro muito.Sempre visito o seu blog e estou em plena leitura do "101 Anos...". A propósito, as narrativas do caso do Dinorah e do título de 1995 são brilhantes.

Felicidades e saúde. Continue escrevendo pela nossa alegria e não vacile em denunciar a FLAPRENSA.

Grande Abraço,
Vinicius.

luizhlbarbosa disse...

Roberto, esta segunda teve cara de desabafo. Fico aborrecido apenas que só tenhamos a Rede Globo pra assistir aos jogos, pois não dão qualquer espaço ao Botafogo, privilegiando Flamengo e Vasco e nem mostraram a entrega da taça ao vivo. Parabéns pelo teu aniversário. Forte abraço, Luiz Henrique.

Sérgio Mendes Filho disse...

Caro Porto,

Feliz com o título incontestável do nosso Glorioso, aproveito para relatar mais uma peripécia do quase-ator, quase-vascaíno e quase-entendido de futebol Bruno Mazzeo.
Estava eu em meu twitter, postando apenas sobre o nosso time cheio de façanhas. Acabei por me deparar com o twitter do tal Mazzeo e, para minha surpresa, o invejoso resolve tirar mais gracinhas com o Fogão. Respondi a ele como merecia, porque também não admito gracinhas quaisquer com o Bota. Falei, inclusive, que ele deveria cuidar para não tomar mais uma chinelada sua, Porto. Veja a grosseria do abobalhado Mazzeo em sua resposta. Abaixo, transcrevo minhas postagens no twitter e as do quase-humorista.
Escrevi:
Viva o Glorioso, o alvinegro do escudo mais bonito do mundo. Tua estrela solitária entre o preto e o branco resumem não a tua camisa, mas um manto sagrado.
Será Joel "sem medo" Santana o novo João Saldanha do Bota?
Ópera de um time de operários,que conseguiu mais do que o mais insano imaginou: "foste herói em cada jogo, Botafogo,por isso é que tu és...".

As gracinhas de Mazzeo:
Que o Botafogo foi campeão? É sério. /// RT @carol_oliveira0: é serio mesmo?
Parabéns ao Botafogo. Agora vou ali pra janela que já já vai passar o Cometa Halley.
A maior vantagem do Botafogo ganhar um título é que o Baixo Gávea fica vazio, uma tranquilidade...

Respondi:
@bmazzeo Se é sério? Claro que sim, ainda mais pra um cara que se acha muito engraçado. Seríssimo. Isso é habitual contra o teu Vasco. Cuidado pra não levar mais uma lição do mestre Roberto Porto. Não és páreo pra ele. Passo a integrar-me aos que riem de ti, não em razão da tua profissão, mas do teu clube e da tua língua descontrolada.

Ele, descontrolado e perdido:
Um zé mané escreveu pra eu tomar cuidado com Roberto Porto. Só esqueceu de me dizer quem é Roberto Porto. Alguém pode me ajudar?

Fico por aqui, alegre com o Glorioso e rindo desse rapaz que consegue, não pelo bom humor, causar gargalhadas.

Abraços e saudações alvinegras.

Sérgio Mendes Filho disse...

Caro Porto,

Para complementar a mensagem que enviei antes, deixo minha resposta definitiva ao gracioso Mazzeo:

"Em dois tempos: 1- Use "zé mané" para os que te rodeiam; a tua atitude de responder a mim sem "reply" denota frouxidão e covardia, talvez decorrentes do teu receio de que alguns dos teus muitos seguidores vissem que tuas gracinhas encontram resposta de nível, às quais tens dificuldades para responder; 2- Tua resposta é de um baixo nível total; além dos termos usados, de não te referires a mim (coisa de menino fujão), achas que consegues ofender Roberto Porto, um dos maiores jornalistas esportivos que esse país tem. Porto é uma lenda viva. Não jogue nem faça cena para o seu público, que é mais esperto que você. Lamento pela tua falta de categoria e esportividade. Quem tira graça tem que aprender a levar também, ou então te tornas um engraçadinho autoritário. Mais ida e vinda, menos desqualificação gratuita e presunção".

Ficam os meus parabéns por esse dia 22 maravilhoso.

Abraços.

ygor disse...

É mais uma vez a nação alvinegra comemorou ( em um jogo decisivo ) a vitória sobre o time da colina....
Talvez até podemos esperar mais.Porém, acho eu na minha humilde opnião só se tivermos reforços .

aa e desde já Feliz aniversário Roberto

vc merece

abçs

Malu Cabral disse...

Adorei, Sergio! Acabou com ele.
Puxa, decepção pq gosto do trabalho dele, mas vejo que puxou a arrogancia do pai.

Malu Cabral disse...

luizhlbarbosa

A entrega da Taça foi mostrada pela SPORTV do início ao fim, muito lindo!Que pena que nao tenha visto, mas tem vídeo, vc viu?

Guilherme disse...

Mais uma vez, Feliz aniversário Mestre com muita muitaa saúde, para que fique muitos e muitos anos nalinha de frente do jornalismo defendendo o Botafogo.

Gil disse...

Mestre Porto,

Desejo-lhe muita PAZ, SAÚDE e FELICIDADES!

Obrigado por tudo e por nos tornar mais BOTAFOGO!

PARABÉNS!!!

Abs e Sds, BOTAFOGUENSES!!!

Márcio disse...

Porto. Estamos felizes! O Botafogo somos nós! Feliz aniversário. Beijo nesse lindo coração alvinegro. Marcio Bulgarelli.

disse...

Roberto,
Meus parabéns, mesmo que atrasado.
Espero que você continue sendo esse botafoguense maravilhoso e contador de tantas histórias gloriosas !!!

Saudações Botafoguenses

Chico da Kombi, disse...

###

Parabéns pelo Aniversário, caro Roberto Porto.
Deus lhe abençoe e lhe faça feliz.

FORÇA FOGÃO!
Loco 13 neles!


Abraço Bicampeão.

###

Eduardo disse...

Caro chefe Robertao, meio atrasado, mas ainda em tempo de dar os parabens. E que presente de aniversario!!!!!! Se o Macnelly Torres vier mesmo, a coisa vai ficar boa, pois os novos reforcos ja contratados vao dar uma coisa que nao tivemos nos ultimos anos, um elenco com reservas `a altura dos titulares.