quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Que tal uma disputa no Aterro?



Os amáveis e fiéis leitores que me acompanham aqui neste blog alvinegro já devem ter percebido que procuro ser o mais isento possível quando se trata de falar dos adversários do meu amado Botafogo de Futebol e Regatas. Agora, por exemplo, depois que abatemos com um só tiro certeiro o vetusto e elegante tricolor das Laranjeiras, estou preocupadíssimo com o local onde Flamengo e Fluminense irão disputar o terceiro lugar da Taça Guanabara. Álvaro Chaves e Gávea, como óbvios ululantes, não poderão ser utilizados pois são estádios a um passo da ruína.

Onde então deverão medir forças?

No Engenhão sem chance porque o Botafogo não cederá sua praça de esportes para os hunos rubro-negros. E em São Januário é impossível. Formou-se entre Vasco e Fluminense uma cerrada batalha nos tribunais e o estádio vascaíno, inaugurado em 1927, está fora de questão. Cá comigo pensei numa solução que poderia satisfazer tricolores e rubro-negros: uma disputa no Aterro do Flamengo. Que tal? O Aterro do Flamengo tem vários campinhos de futebol que podem e devem ser prestigiados, certo?

Outra solução – para satisfação daqueles que moram mais distantes – seria a Praia de Ramos. Mas devo confessar que da Praia de Ramos só ouvi falar do Piscinão. Não sei se há quadras disponíveis para um desafio tão importante para os destinos do futebol do Rio de Janeiro. Mas acredito que os dirigentes dos dois clubes – tão tradicionais e donos de gigantescas torcidas – haverão de encontrar um local para esse tremendo desafio: quem será o terceiro colocado na Taça Guanabara de 2009? Morro de ansiedade.

De volta a Botafogo x Fluminense, agora falando sério, fiquei deveras (bonita palavra, não?) impressionado com as vaias que Diguinho recebeu no Maracanã. Por parte da torcida alvinegra ainda compreendo. Diguinho não era rigorosamente ninguém até vestir a gloriosa e cumprir até mesmo boas e corajosas atuações. Mas Diguinho preferiu ignorar o prestígio que alcançou em General Severiano. Mas ser vaiado pela massa tricolor? Por quê? Como diria Nélson Rodrigues (1912-1980), um dos meus autores preferidos, Diguinho atarraxou a máscara da superioridade e acabou tremendo na base.

Não é de o meu feitio derramar lágrimas por jogadores de futebol. Mas admito que fiquei irritado com a debandada geral de vários deles, aí incluindo Túlio, Jorge Henrique e Lúcio Flávio, além de outros, como os zagueiros centrais, que nem merecem ser citados. E, como diz o ditado, o castigo vem a cavalo. Diguinho trabalhou como X9 para os tricolores e foi devidamente coroado por apupos violentos. Talvez, agora, ele sinta um pouco a falta do Botafogo, do ambiente do Botafogo, da torcida do Botafogo e da credibilidade que ele, quase um ‘joão-ninguém’, conseguiu em Venceslau Brás. Coisas da vida, Diguinho. Da próxima vez, pense um pouco antes de se oferecer para trabalhar como X9 para o tricolor.

Agora vamos encarar o Resende. Ainda desfalcados. Mas vamos que vamos porque o Botafogo, desde que Beltrami não apite, é praticamente invencível em decisões. Vamos nessa, Glorioso...

10 comentários:

Malu Cabral disse...

hahahahahahhaha!nada mal, hein?
A temperatura está amena...

Roberto,
Quase morro ontem! Foram os 4 minutos mais longos da minha vida aquela prorogação.
Mas vencemos!
Beijo procê!

Malu Cabral disse...

Op's! faltou um r>>prorrogação, sorry...

Elielder disse...

Pior é ver o BFR pela intenet. Delays à parte e radinhos deligados para não perder a graça. Valeu. Em certos momentos, um ferrolho de invejar qualquer Parreira da vida. Em outros...alegrias.Sobre a sugesta do local do encontro dos rubros com as bibas, mencionaria o campo de futebol de Timon/MA, depois de retirarem as vacas(que aparam o gramado) e seus dejetos( os das vacas é claro!).

Christiano Nunes disse...

Caro Porto,

Lugar de sanguessuga não é no Botafogo. O Glorioso trabalha sério para além de formar times e projetar jogadores, tornar pessoas "joão ninguéns" da vida em ídolos de gerações.
Se o Diguinho pensa só em dinheiro e por isto saiu do clube, quero mais que ele se afunde onde quer que for, assim como os outros que forão embora: tenham o mesmo destino. Adeus.

Mudando de assunto, ontem o Fogão foi de uma competência incontestável. Somente um cartão amarelo o jogo todo. Nenhuma falta frontal a meta do goleiro Renan. O 3-6-1 do Ney, embora contestável, foi sem dúvida muito bem executado. Méritos pro Fogão agora Rumo ao título.

Avante!!!
Saudações alvinegras!
Saudações Alvinegras

Anônimo disse...

Porto...

Esse ingrato não merece a perca do nosso tempo... Você falou quase tudo, mas ainda faltou citar que ele era um garoto da noite (reza a lenda que mesmo em clubes diferentes, continua com suas aventuras com Carlos Alberto - o cartão amarelo) e por muitas vezes caiu de produção por isso... só lembrar que em 2007 estava na reserva de Túlio e Leandro Guerreiro.... Mas o que matou a torcida foi chegar nas Laranjeiras dizendo que agora estava num lugar bom para conquistar títulos... Olhe o seu curriculo e lembre que no Botafogo você foi campeão carioca... da Taça Rio.... E estava crescendo com o time e o clube.... mas largou tudo para ficar no lado dos maquiados... Então, o castigo veio a cavalo... O ex-carrasco do Fluminense virou um qualquer, preterido até mesmo por aquele horroroso Fabinho... É a vida...

Saudações Botafoguenses para todos!
Marcel Ianuck

Rodrigo Federman disse...

Caro Porto, como é bom ler os seus textos!!!
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

DIGUINHO UM POBRE DE ESPIRITO,O ESQUEMA 10-0-0 DO NOSSO SUPER- TÉCNICO É DE MATAR QUALQUER TORCEDOR.

Malu Cabral disse...

Anônimo,
Eu não teria essa certeza.
Acho esse 3 6 1 perigosíssimo e acredito que Ney Franco não irá repetí-lo pq é se arriscar muito...
Lembremos que Victor Simões talvez não jogue e se jogar, será com cautela...
Ney Franco está alertando diversas vezes do perigo da zebra.E é um perigo mesmo...
Não temos um super time, o Ney é muito bom, mas super eu respeito sua opinião, mas é perigoso isso.

Maldita Futebol Clube disse...

sensacional seria essa disputa no Aterro, eu iria ver só pra morrer de rir...
Queria dizer que sou seu fã, desde o JS e como colega jornalista te admiro. Sou vascaíno confesso, radialista da rádio fluminense 540 AM ,niterói(minha cidade) e apresento um programa descontraído de esportes toda as segundas a partir das 21 hs até as 23hs. Gostaria de saber se qq dia desses não podemos agendar uma visita a rádio para trocarmos ideias no ar no programa e "batermos uma bola na latinha!" Escrevo as sextas em "O Fluminense" e temos o nosso blog tb, que é só acessar no perfil...se der pra nos prestigiar iria ficar extremamente honrado e envaidecido com tal sutileza. abs, Leandro Carvalho

Vinicius Maximiano disse...

De onde é esta foto??