terça-feira, 6 de julho de 2010

O marketing alvinegro de Loco Abreu


O marketing não é minha área, mas estou convencido de que o jogador uruguaio e alvinegro Loco Abreu fez para o Botafogo nesta última Copa do Mundo – mesmo com a derrota do Uruguai para a Holanda – foi simplesmente sensacional. Loco Abreu, além de entrevistas declarando seu carinho pelo Glorioso, foi capa de O Globo na última terça-feira e citado, diversas vezes, por outros jornais e emissoras de televisão. Por isso, humildemente, peço a todos os torcedores do campeão carioca de 2010 que façam uma bela festa para ele quando voltar ao clube da estrela solitária.

Sebastian El Loco Abreu fez contra a Seleção de Gana a mesmíssima coisa que abateu a tiros a equipe do Tinhoso, cobrando um pênalti que colocou o suspeito goleiro Bruno, do citado Tinhoso, sem saber o que fazer. E mais: a maneira de Loco Abreu bater pênaltis foi repetida várias vezes nas televisões, sempre com o teipe de seu gol na decisão. Não tenho essa informação, mas se o marketing do Botafogo mandar fazer uma camisa alvinegra com o número 13, vai vender como água na Fogão-Shop, da Avenida Venceslau Brás. Loco Abreu virou ídolo do Botafogo.

Não gosto de me intrometer na vida do Botafogo – onde vou raras vezes apesar de sócio-proprietário desde 1968 – mas o presidente Maurício Assumpção deve fazer o possível e o impossível para manter o uruguaio no clube. Como o Brasil fracassou uma vez mais, coube a Loco Abreu, do Uruguai, manter o Botafogo nas páginas e nas telas de televisão, numa jogada de marketing que ninguém esperava. Mesmo na derrota para a Holanda (injusta até certo ponto), o Uruguai arrastou um grande número de torcedores alvinegros para o telão da praia de Copacabana.

Como torcedor apaixonado pelo Botafogo, eu, Roberto Porto (com 12 letras no nome), estou animado para o restante do Campeonato Brasileiro, com ele, Loco Abreu, e mais o argentino Herrera, Jobson e Maicosuel, além de outros como Caio Talismã, Lúcio Flávio (voltando à forma) e Edno (que parece ter redescoberto seu jogo). Mas não se esqueçam, repito, de receber Loco Abreu como ídolo, pelo que ele, de maneira até indireta, colocou o Botafogo na imprensa, fazendo com que os torcedores brasileiros até esquecessem a bisonhice da equipe brasileira na Copa.

Quem sabe Loco Abreu ainda faz das suas na luta pelo terceiro lugar no Mundial? Vou torcer por ele porque ele é o Botafogo nessa maldita Copa da África.

6 comentários:

Chico da Kombi, disse...

##

O Uruguai está de parabéns. Com um time pra lá de limitado, faz uma bela campanha na Copa do Mundo e o 4º ou 3º lugar deve ser comemorado com uma semana de festa e feriado no país do El Loco Abreu.

Loco 13 neles!

Parabéns, Celeste Olímpica!

Gloriosas Saudações Alvinegras.

###

Tauan Ambrosio disse...

Ótimo texto ROberto, Abreu fez muito bem ao Glorioso, e a cobrança de pênalti que humilhou o assassino foi repetida para a nossa alegria. A respeito da camisa 13 sendo vendida eu já pude encontrá-la na vitrine da FogãoShop da Sede nesta segunda.

Eraldo Santos Tag DF. disse...

Roberto Porto, saudações botafoguenses. Eu também concordo que os torcedores do Botafogo façam uma festa para o nosso camisa 13. Se eu morasse no Rio de Janeiro faria o possível para vê-lo e aplaudi-lo também. Agora vamos retomar o caminho para vencermos o brasileirão, com Loco Abreu no comando do ataque!! prá cima deles, Fogão!! saudações alvinegras!!

CONVICTOS OU ALIENADOS? disse...

Eu tenho comigo que a Seleção Brasileira sem jogadores do Glorioso e do Santos é estranha.

Quanto ao Loco Abreu: concordo.

Abraços.

ComunicAia disse...

Somos uruguaios desde criancinhas!

Rafael Luiz Dalagnolo disse...

Roberto Porto, queria saber o que você achou do Botafogo lançar uma camisa réplica do Uruguai, com o escudo do Botafogo, em "homenagem" ao Loco Abreu? Eu achei ridículo. Um clube como o Botafogo que já teve Nilton Santos, Zagallo, Garrincha, Amarildo, Didi e Jairzinho CAMPEÕES do Mundo, agora homenagear um uruguaio que chegou em 4o lugar? Tenha santa paciência. Que o Botafogo homenageie os brasileiros vencedores, não os estrangeiros perdedores. O Botafogo que se orgulha de ter sido o clube que mais cedeu jogadores à Seleção, lançar camisa de Uruguai? Dá licença...